O Concurso do IBGE

O Concurso do IBGE

O concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para o próximo Censo Demográfico encontra-se suspenso. De acordo com decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o governo federal tem a obrigatoriedade da realização tanto do concurso quanto do Censo até 2022.

 

Segundo os editais liberados em 2021, foram ofertadas 204.307 vagas para Agente Censitário Municipal (ACM), Agente Censitário Supervisor (ACS) e Recenseador para atuação no levantamento de dados. Os dois editais chegaram a abrir inscrições, mas foram suspensos depois que o Orçamento 2021 foi aprovado com um corte de mais de 95% dos recursos voltados para o levantamento de dados do IBGE.

Adiamento do Censo Demográfico: o que aconteceu?

O Censo Demográfico do IBGE acontece uma vez a cada 10 anos. Sendo assim, os últimos dados populacionais são de 2010 e um novo levantamento deveria ter acontecido em 2020. No entanto, por causa da pandemia de coronavírus, foi necessário postergar as entrevistas para 2021, adiando também a seleção dos profissionais que trabalhariam no Censo.

Então, em fevereiro de 2021, o Cebraspe (banca organizadora) divulgou um edital para Agente Censitário Municipal (ACM) e Supervisor (ACS) e outro para Recenseador. As inscrições foram finalizadas em março e, logo em seguida, o Orçamento 2021 foi aprovado com alto corte nos recursos que seriam voltados para o Censo Demográfico. Consequentemente, a seleção acabou sendo suspensa.

 

A realização da pesquisa foi levada à votação no STF, que decidiu pela obrigatoriedade de fazer a pesquisa em 2022. Oito votos foram a favor de atrasar as entrevistas por mais um ano, enquanto dois pediam pela realização ainda em 2021.

 

Organizado pelo Cebraspe, as 204.307 vagas suspensas em 2021 para o Censo Demográfico seriam divididas entre:

  • Recenseador: 181.898 vagas para nível fundamental;
  • Agente Censitário Municipal (ACM): 5.450 vagas para nível médio;
  • Agente Censitário Supervisor (ACS): 16.959 vagas para nível médio.

 

As inscrições do concurso IBGE 2021 foram finalizadas no dia 26 de março para Agentes e no dia 31 de março para Supervisores. As taxas cobradas variavam de R$ 21,14 até R$ 40,00 dependendo do cargo pleiteado. Os candidatos já foram submetidos a provas objetivas compostas por 60 questões de múltipla escolha acerca de:

  • Língua Portuguesa (para todos);
  • Ética no Serviço Público (para todos);
  • Matemática e Raciocínio Lógico (menos para Supervisor de Pesquisa);
  • Noções de Informática (apenas para Supervisor de Coleta e Qualidade);
  • Noções de Administração e Situações Gerenciais (apenas para Supervisor de Coleta e Qualidade);
  • Geografia (menos para Agente de Pesquisa por Telefone e Supervisor de Pesquisa);
  • Conhecimentos Gerais (apenas para Agente de Pesquisa por Telefone);
  • Noções de Administração e Situações Gerenciais (apenas para Supervisor de Pesquisa);
  • Conhecimentos Específicos (apenas para Supervisor de Pesquisa).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar conversa
Estamos ONLINE!
Bem vindo ao SUPER Mundo da Fato Educacional!
Podemos ajudar?